28 agosto, 2011

JMJ - PARA PE. LOMBARDI, JOVENS ENTENDERAM BEM O SENTIDO DA JORNADA

Para um balanço da Jornada Mundial da Juventude, foi contatado o Pe. Federico Lombardi, diretor da Sala de Imprensa do Vaticano:O próximo JMJ (jornada mundial da juventude) será no Brasil em 2013 - Rio-2013

Certamente o balanço é positivo não apenas pelos números, mas diria pelo espírito e a clareza da mensagem que deixou. Creio que todos os jovens entenderam o significado de procurar o fundamento de suas vidas de fé e do próprio testemunho cristão em Jesus Cristo”.

“Para mim, o momento-símbolo destes dias foi a Adoração Eucarística em silêncio depois do temporal, na Vigília. Poucos minutos após a chuva, criou-se um clima de recolhimento total: a assembleia imensa ficou em silêncio diante do Santíssimo Sacramento. Aquilo demonstrou que os jovens entenderam que o centro de tudo era Jesus Cristo, era o ponto de referência para a oração e para suas vidas”.

Pe. Lombardi falou também sobre os jovens que não puderam ir a Madri, mas que acompanharam a Jornada de suas casas.
“Felizmente, hoje pode-se participar destes eventos através dos meios de comunicação: TV, rádio, Internet, Twitter, Facebook e assim por diante. Uma enorme quantidade de mensagens circularam e podem continuar circulando para nutrir amizades, estreitar relações... O papa, durante a viagem de ida, no avião, insistiu muito nisso, ou seja, nas amizades que se criam entre jovens de vários países nestas circunstâncias. Hoje é bem mais possível do que no passado. Vamos aproveitar disso!”.

O Diretor da Sala de Imprensa referiu-se ao

encontro com a monja de clausura de 104 anos que entrou no convento cisterciense exatamente no dia em que Bento XVI nasceu. A religiosa é lúcida e alegre, e deu de presente ao papa um livro com uma dedicatória escrita à mão com uma ótima caligrafia. Com ela, estava também uma religiosa do Sagrado Coração que trabalhou com o papa muitos anos na Congregação para a Doutrina da Fé, em Roma. As duas irmãs encontraram-se com o papa na sexta-feira à tarde.
Enfim, Pe. Lombardi disse esperar “que os jovens levem para suas casas o verdadeiro objetivo desta Jornada: a convicção de que a fé, fundamentada em Jesus Cristo, é capaz de dar sentido à vida”.
(CM)