22 outubro, 2011

Muammar Kadhafi, assassino, covarde e louco. A justiça divina cobrará ele por seus atos.

Coronel e ex-ditador da Líbia Muammar Kadhafi, morto na quinta-feira (20) após ataque feito por forças rebeldes, foi mais um assassino, covarde e louco a deixar esta vida.
Este sanguinário incontrolável faz parte de um grupo de outros “lideres” que aos poucos estão deixando esta vida. Neste mundo não há mais espaço para este tipo de pessoa, um a um estão tendo trágicos fins.
Após governar a Líbia com mão de ferro por 42 anos, Kadhafi não é mais nada, o dinheiro e as riquezas que possuía ficaram na terra, as vitórias em confrontos ficaram na terra, ele não levou nada, nem essa boina ridícula e terá que prestar contas de todo o mal que fez à milhares de pessoas. A justiça divina cobrará ele.

Muammar Kadhafi, ex-ditador da Líbia -Kadhafi foi considerado um leviano internacional após ser vinculado ao atentado contra um avião americano no céu de Lockerbie, na Escócia (que deixou 270 mortos em 1988), e contra um avião francês no Níger (que deixou 170 mortos em 1989).