28 março, 2012

Seja um doador e salve vidas! Esclareça suas dúvidas aqui!

doe orgãos doando voce salva vidas

Que tipo de doadores existem?

Doador vivo: qualquer pessoa saudável que concorde com a doação. O doador vivo pode doar um dos rins, parte do fígado e parte da medula óssea. Pela lei, parentes até o quarto grau e cônjuges podem ser doadores; não parentes, somente com autorização judicial.

Doador Cadáver: São pacientes em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) com morte encefálica, geralmente vítimas de traumatismo craniano ou AVC (Derrame Cerebral). A retirada é realizada em centro cirúrgico como qualquer outra cirurgia.

Quais órgãos e tecidos podem ser obtidos de um doador cadáver?
Coração, pulmão, fígado, pâncreas, intestino, rim, córnea, veia, ossos, pele e tendão.

Quais órgãos e tecidos podem ser obtidos de um doador vivo?
Fígado, rim e medula óssea.

Como os órgãos podem ser doados?
Em casos de órgãos como coração, fígado e rins, os mesmos são doado após solicitação quando uma pessoa internada em alguma Unidade de Terapia Intensiva é declarada em estado de morte encefálica e notificada (notificação obrigatória) à Central de Transplante.
Os Tecidos que não necessitem perfusão até o momento da retirada podem ser doados diretamente pela família como: córneas, valvas, tecidos músculo-esqueléticos.
 

Quanto tempo tem a família para entrar em contato com a Central de Transplantes?
Em caso de doação de córneas, cartilagens, ossos e pele, até seis horas após a parada cardíaca.
Em caso de doação de rins, fígado, coração, pulmão, fígado e pâncreas, que apenas é realizada quando o paciente encontra-se em morte encefálica, diagnosticada no hospital, a família será procurada para se manifestar sobre a doação.

Existe limite de idade para doação?
Não existe limite de idade, porém todos os casos de doação são avaliados pela equipe de transplantes quanto à viabilidade dos órgãos.

Como posso demonstrar meu interesse em doar meus órgãos?
Comunicando a sua família ou responsável legal que você deseja doar seus órgãos após morte.

A doação de órgãos deforma o corpo?Não, a retirada de órgãos é uma cirurgia cuidadosa em que são observados todos os rigores de um procedimento cirúrgico rotineiro.

Quem assina o termo de doação de órgãos e tecidos?O termo de doação é assinado pelo cônjuge, ou se não houver, por ascendente ou descendente, autorizando a retirada de órgãos e tecidos, para fins de transplantes.